TudoSobreTudo

sexta-feira, 30 de junho de 2017

11 Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água


As plantas dão um toque especial a qualquer decoração, porém, é importante conhecer as espécies de plantas para colocar dentro de casa e que exijam cuidados mais simples para se manter bonitas e cheias de vida.
Pensando nas pessoas que tem dificuldades de estabelecer uma rotina de regas e cuidados listamos 11 plantas que se dão bem em ambientes internos e que não precisam de muita água.
Então que tal conhecer essas plantas?
Zamioculcas são Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água

1. Zamioculcas

Planta perfeita para quem tem dificuldade de lembrar de regar, a Zamioculca precisa de água uma vez por semana apenas.
A dica é observar o substrato da planta, a terra, se estiver úmido não regue.
Essa planta fica com as suas folhas amareladas e as raízes podres se tiver água em excesso.
Nos meses de inverno a dica é regar somente 1 ou 2 vezes por mês, sempre de olho na terra para saber se ainda está úmida.

2. Pata de Elefante

Pata de Elefante é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Uma das plantas para colocar dentro de casa e a Pata de Elefante.
Tem um visual dos mais interessantes, seu nome vem do fato de que seu caule lembrar a pata do Elefante.
Trata-se de uma planta que não gosta de umidade e por isso mesmo as regas devem ser feitas a cada 20 ou 30 dias.
Aqui vale a dica de observar a terra para ver se ela ainda está úmida, não regue nesse caso porque pode fazer a raiz apodrecer.

3. Kalanchoe

Kalanchoe é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Uma planta indicada para quem gosta de fazer pequenas viagens sem precisar deixar a chave com vizinhos para regar plantas.
A Kalanchoe fica muito bem alguns dias sem água porque é adepta do clima seco.
As folhas dela acumulam água e por isso regas em excesso podem causar o apodrecimento das suas raízes.
Quando o solo estiver completamente seco você poderá regar novamente com segurança.

4. Espada-de-São-Jorge

Espada-de-São-Jorge é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
A característica mais marcante dessa planta é acumular água em suas folhas de maneira que se deve evitar regas excessivas.
Fique atenta a terra da planta, somente regue quando ela estiver seca para não causar o apodrecimento das raízes.
De acordo com algumas superstições populares essa planta é um amuleto contra mau olhado sendo assim uma das boas opções de plantas para colocar dentro de casa, não é mesmo?

5. Mini Cacto

Mini Cacto é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Geralmente quando pensamos em cactos achamos que se trata de uma planta que precisa de exposição direta ao sol, não é mesmo?
Os mini cactos, que podem ser comprados até em supermercados, não precisam de luz direta e se dão muito bem em ambientes internos.
Em relação à rega você pode ficar tranquila já que essa é uma planta suculenta que acumula água em suas folhas e dessa forma só precisa de rega quando o solo estiver seco.

6. Coroa-de-Cristo

Coroa de Cristo é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Uma planta com aspecto bastante interessante e que não gosta de umidade excessiva, mas exige um pouco mais de atenção com as regas do que as anteriores.
Nos meses mais quentes da primavera e do verão é interessante manter uma rotina de rega moderada, observe a terra, quando ela estiver próxima de estar seca (mas, não seca totalmente) é hora de regar.
Nos meses mais frios de outono e inverno você deve regar menos.

7. Filodendro

Filodendro é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Esta é uma das plantas para colocar dentro de casa que tem origem nacional.
O formato de coração em suas folhas são um espetáculo a parte da cascata que ela forma nos vasos.
Uma planta que se dá bem em ambientes internos assim como não exige muito de regas, basta regar quando observar que a terra do vaso está seca.

8. Jade

Jade é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
A graça dessa planta está no fato de que ela parece uma miniatura de árvore, suas folhas tem um tom verde-azulado que é simplesmente lindo.
O cultivo dessa planta dentro de casa se dá de maneira bastante simples, leve o vaso – algum tempo do dia – para tomar a luz do sol.
Não precisa deixar muito tempo no sol, posicionando-a perto da janela já resolve.
Regue somente quando perceber que o substrato está seco.

9. Aloe vera (Babosa)

Aloe Vera é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
A babosa é conhecida como uma das plantas mais versáteis no que diz respeito a receitas caseiras para cuidados capilares e até mesmo de saúde.
Aproveite que essa é uma das plantas para colocar dentro de casa por não se incomodar com o ambiente interno.
Trata-se de uma planta que não exige muito em termos de rega, isto é, você pode regá-la uma vez por semana nos dias de verão e apenas uma vez por mês nos meses mais frios.
Observe sempre quando a terra do vaso está seca para então regar.

10. Begônia

Begônia é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Sabe aquela planta que tem uma flor que parece um buquê inteiro?
Então essa é a Begônia que podem ser encontradas em variedades bem coloridas e cujo cuidado fica na escolha de um substrato fértil para cultivá-la.
Mantenha a sua Begônia a meia-sombra e quando for regar jogue a água na terra e nunca nas folhas da planta.
Regue quando perceber que o substrato está seco.

11. Echeveria

Echeveria é uma das Plantas para Colocar Dentro de Casa e que Não Precisam de Muita Água
Fechando muito bem nossa lista – de plantas para colocar dentro de casa que não precisam de muita água – temos mais uma suculenta, a Echeveria.
A forma curiosa dessa planta lembra uma flor e alguns lugares vendem arranjos feitos com ela.
Por acumular água em suas folhas essa planta só precisa de rega uma vez por semana.
A umidade em excesso pode fazer com que as suas raízes apodreçam então tenha bastante cuidado.

terça-feira, 27 de junho de 2017

8 maneiras de dar UP na sua rotina para ter uma vida mais saudável

Quer ter uma vida mais saudável?
Ok, saiba que não é preciso esperar o ano novo para fazer novos planos e tentar mudar o que não está dando muito certo.
Que tal dar um up na sua rotina?
Embora recomeçar não seja algo assim tão simples, adotar uma vida mais saudável também não é impossível.
Basta ajustar aqui e ali e é possível, sim, se livrar de hábitos ruins e ter uma vida bem mais saudável!
Ser sedentário, comer de forma desregrada, sem dúvida, não são hábitos tão fáceis de se deixar para trás, por isso, resolvemos lhe ajudar nessa missão, mostrando oito ajustes para que possa reeducar a alimentação de uma forma contínua e definitiva.

1. Diário alimentar

Tem algum caderno de anotações?
Então, corra e vá comprar!
Faça dele o seu Best friend.
Faça um diário alimentar para conquistar uma vida mais saudável
Acredite, pode parecer bobeira, mas dessa forma você terá noção de onde está exagerando e poderá controlar melhor o que come.
Faça assim: anote tudo o que come durante o dia, todas as refeições, sem sabotagem, até mesmo os deslizes.
Verá que terá uma noção melhor da quantidade de comida que ingeriu ao longo da semana.

2. Trace objetivos possíveis

Estabeleça objetivos para ter uma vida mais saudável
Acredite, você só irá conseguir reeducar sua rotina, com alimentação saudável e atividade física, se isso for um projeto de vida.
Porém, não seja muito dura com você e nem trace objetivos inatingíveis, e não esqueça de celebrar até as conquistas menores.
A dica, para não desestimular, é traçar dois objetivos, um a médio e outro a longo prazo, comemorando cada etapa até atingir o seu objetivo maior.

3. Redes sociais a seu favor

Use as redes sociais para conseguir ter uma visa mais saudável
Faça da redes sociais um grande aliado.
Como?
Que tal se inspirar na rotina de exercícios e alimentação das famosas e das blogueiras fitness?
E mais, hoje existem milhares de páginas de dietas com receitinhas saudáveis, só tenha cuidado para não ir atrás de informação errada, portanto, dê preferência para páginas de profissionais nas redes.

4. Priorize o exercício físico

Priorize o exercício físico para ter uma vida mais saudável
Não desanime ao começar a praticar exercícios e não se sentir assim tão…entusiasmada.
Acredite, começar a praticar uma atividade, seja em casa, na academia ou no parque, não é nada assim tão confortável no início, principalmente, se tiver muito acima do peso.
Mas, a dica é, não desanimar!
Mantenha uma rotina semanal, com no mínimo 3 vezes por semana, e já vai sentir a diferença na disposição e até na qualidade do sono.
Insista, pois se movimentar é fundamental para aumentar o gasto calórico, mas mesmo que tenha malhado muito, nada de sair da dieta, já que ela é a maior responsável pela perda de peso.

5. Sem sabotagem

Se você quer ter uma vida mais saudável não pode sabotar a dieta
Está decidida mesmo a mudar de vida?
Então, a hora é essa!
Comece fazendo uma limpeza geral na lista de compras, despensa da casa, geladeira.
Nada de sabotar, evite ter por perto qualquer tentação: bolachas recheadas, sucos e comidas açucaradas.
Conheça receitinhas saudáveis e ao fazer compras vá direto aos produtos que precisa.
E NUNCA faça mercado com fome!

6. Rotina sob controle

Mantenha a rotina sobre controle para ter uma vida mais saudável
Que tal separar um dia para organizar a alimentação da semana inteira?
Acredite, essa é uma forma de impedir que, em dias de muito cansaço, você se renda a lei do menor esforço e caia nos pratos calóricos.
Invista em alimentos pré-cozidos e congelados, como brócolis, couve flor, sopas, caldos, carnes refogadas, além de práticos, evitam possíveis deslizes, já que quando chegar em casa terá uma boa parte do cardápio organizado.

7. Faça exames

Faça exames regularmente para conquistar uma vida mais saudável
Exames de sangue servem para mostrar ao seu médico e ao nutricionista se existe alguma deficiência de vitamina, de ferro, ou mesmo se há glicemia e colesterol alto.
Mas outros exames também costumam ser pedidos, seu médico, com certeza, irá lhe orientar ao longo da dieta, para saber se o novo plano alimentar esta surtindo efeito.

8. Se você quer ter uma vida mais saudável, não seja tão dura consigo mesma

Evite a dieta radical para ter uma vida mais saudável
Nada de radicalismos.
Ok, é importante ter foco e persistência, mas sem radicalismo, acredite, isso poderá gerar frustração.
O ideal é levar a sério a dieta, com equilíbrio, mas, se houver deslize não se deixar abater, apertar mais o cinto no dia seguinte e seguir em frente.
Para não radicalizar, a dica é escolher um dia na semana para comer o que gosta, acredite, isso vai ajudar a não desistir da dieta e conquistar uma vida mais saudável.

domingo, 18 de junho de 2017

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos

Ele ajuda a emagrecer e deixa a pele firme, prevenindo rugas e flacidez. A ciência revelou mais: o colágeno hidrolisado protege os ossos e as articulações. E você pode encontrá-lo à venda no supermercado!

O sucesso do colágeno hidrolisado não é de hoje. Há pelo menos três anos ele conquistou o público feminino com a promessa de firmar a pele e amenizar a fome. De lá para cá, a procura por essa substância – até então encontrada apenas em cápsula, sachê e bala manipulada -, triplicou. E, para acompanhar a demanda, as opções de produtos prontos com colágeno hidrolisado também aumentaram bastante. É só dar uma olhada na prateleira das farmácias e supermercados: além de balas e bombons de diferentes formatos, ele pode ser encontrado em águas aromatizadas, barrinha de cereais e até granola.
E as mulheres, claro, são as maiores consumidoras. Mas será que funciona mesmo? Ainda há poucas pesquisas científicas sobre o assunto, mas a maioria delas afirma que, sim, o colágeno ajuda a combater os quilinhos extras e a adiar o envelhecimento precoce. 
O segredo dessa substância está no fato de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma de suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele. Cabelos, unhas, ossos e cartilagens (tecidos que amortecem as articulações) também são beneficiados. Ou seja, ela garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito por fora.
Porém, pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação balanceada, há uma perda anual em torno de 1%. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média. “O que as mulheres mais sentem é a redução da elasticidade e a hidratação da pele”, alerta a nutricionista Tatiana Pimentel, de Santos (SP). Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo. É por isso que muitos nutricionistas, nutrólogos e dermatologistas consideram a suplementação com o colágeno hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50. 

Colágeno na dose certa

Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno presente nos suplementos deve ser hidrolisado – ou seja, passar pelo processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo. Nesse formato, ele é considerado alimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, você pode comprá-lo sem prescrição médica.
Mas, para obter os efeitos esperados, precisa acertar na dose. Em uma avaliação da Clínica Medcin Instituto da Pele, em São Paulo, os pesquisadores observaram que o consumo de 5 gramas de colágeno por dia, durante seis meses, foi capaz de melhorar a pele das pacientes entre 35 e 60 anos. Houve um aumento de 5,5% na firmeza e 10% na elasticidade. Mas a maioria dos especialistas recomenda uma dose um pouco maior: de 8 a 10 gramas de colágeno por dia.  

Amigo da perda de peso

Quem está na faixa dos 20 pode ficar tranquila: ainda não é hora de aderir a doses extras dessa proteína. Uma dieta caprichada em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente.
Agora, se você vive estressada, fuma, abusa do sol e dos doces, ele começa a falhar mais cedo. Resultado: “A elasticidade da pele fica comprometida, surgindo flacidez e até estrias”, diz a dermatologista Carmem Durazzo, da Clínica Cliniderm, em São Paulo. E, sozinha, a dieta pode não dar conta. A suplementação pode ser indicada antes dos 30 anos para auxiliar na perda de peso, pois ameniza e adia a fome.
“Diluído na água ou no suco, o colágeno em pó preenche o estômago rapidamente e faz com que o processo de esvaziamento aconteça mais devagar, prolongando a sensação de saciedade”, explica a nutricionista Sheila Mustafá, da Clínica Sheila Mustafá Nutrição e Estética, em São Paulo. Com isso, você consome menos calorias e emagrece e, ainda, diminui o risco de ficar flácida.
“O colágeno ajuda a manter a pele hidratada, melhorando a qualidade das fibras de sustentação”, complementa Sheila. Se você tiver oportunidade, consulte um profissional que possa prescrever o suplemento de acordo com suas necessidades. O resultado, com certeza, vai ser ainda melhor! 

Dieta com colágeno

O suplemento não diminui a importância de uma dieta rica em alimentos que estimulam a produção de colágeno no organismo. Essa lista inclui carne magra, frango, peixe e ovo (especialmente a clara). Invista também em legumes, verduras, frutas e castanhas. “Eles têm os nutrientes (vitaminas A, C e E, selênio e zinco) que garantem a absorção do colágeno”, avisa o nutrólogo Mohamad Barakat, de São Paulo.
E a gelatina de caixinha? A proteína usada na composição não é hidrolisada (ou seja, é difícil de ser absorvida). Mas não deixa de ser uma boa opção de sobremesa leve. Apenas tenha o cuidado de escolher um tipo sem corantes artificiais, pois são substâncias que prejudicam a pele. 

Bom para quem malha

Se você malha, tem mais um bom motivo para adotar o suplemento: ele é aliado das articulações. Em 2006, durante o encontro do American College of Sports Medicine, em Indianápolis, nos Estados Unidos, a apresentação de um estudo alemão com 100 atletas, de 15 a 80 anos, mostrou que o consumo de colágeno hidrolisado traz uma melhora importante nas articulações. Após 12 semanas consumindo 10 gramas do suplemento por dia, 79% dos participantes apresentaram maior mobilidade dos joelhos e dos quadris. A maioria relatou menos dor nessas articulações ao realizar exercícios de esforço e ao subir escada. Uma parte dos atletas também teve menos desconforto nos ombros. 

Diferentes formas do suplemento 

  • Sachê: é a versão mais indicada para diminuir a fome e prolongar a saciedade. O conteúdo de um sachê costuma ter o colágeno hidrolisado na dose diária recomendada – ou seja, de 8 a 10 gramas. Há ainda a opção de você mandar manipular o , que pode ser diluído na água, no suco ou no iogurte.
  • Cápsula: atende a quem não gosta do sabor adocicado do pó. Mas, para atingir a dose diária, você tem de consumir de 10 a 12 cápsulas por dia. E não traz a mesma saciedade da primeira versão.
  • Água aromatizada: algumas marcas concentram na garrafinha, geralmente entre 300 e 360 mililitros, a dose diária recomendada de 10 gramas de colágeno.
  • Bala: essa opção costuma oferecer em torno de 1,5 grama de colágeno por unidade. É bem pouco, mas vale para complementar o consumo diário da proteína. A bala também tem a vantagem de estimular a mastigação, além de enganar a vontade de comer um docinho.
  • Bombom: assim como a bala, tem pouco colágeno. Consuma-o como opção de um docinho que traz um benefício extra.
  • Granola, barra de cereais & cia.: optar por esses produtos também ajuda a complementar a dose diária de colágeno. Mas cuidado com os produtos carregados de açúcar e corantes – substâncias com fama de prejudicar a qualidade da pele.

Nas prateleiras

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos
1. Água Bioleve Colágeno
Com fibras e colágeno, a água aromatizada promete hidratar, aumentar a saciedade, melhorar o intestino e a pele. A garrafinha (360 ml) tem a dose diária recomendada da proteína. Nos sabores limão e frutas vermelhas.
2. Colágeno Hidrolisado, Empório do Mel
Cada colher de sopa (10 g) do pó tem 9 g de colágeno. Nos sabores natural e morango (pote tem 200 g).
 3. Barra de granola salgada, GranPure
À base de grãos integrais, a barrinha é enriquecida com colágeno hidrolisado. Nos sabores quiche primavera, peito de peru, marguerita e azeite de oliva.
4. Gelamin Beauté, Advanced Nutrition
Colágeno hidrolisado em pó. O sachê (10 g) oferece 8 g da proteína, além de vitaminas D e E, biotina, cobre, selênio, zinco e manganês. Nos sabores laranja, tangerina e limão. 
 Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos
5. Colágeno, Sunnutrition
Cápsula com 650 mg de colágeno hidrolisado. O fabricante sugere duas unidades, quatro vezes ao dia. Pote com 120 cápsulas.
 6. CollaGen Active, Buona Vita Cosméticos
Em forma líquida, com 8 gramas de colágeno hidrolisado por dosagem (a recomendação é de 30 ml) e sabor morango (1 litro).
 7. Gelavita, Sanavita
Primeira gelatina de colágeno hidrolisado do mercado. Uma colher de sopa (10 g, a porção para o preparo de uma tacinha), contém 4,5 da proteína. Os corantes e aromatizantes são naturais. Nos sabores frutas amarelas e frutas vermelhas. O pote de 200 g rende 20 porções. A marca recomenda o consumo de duas porções ao dia.
Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos
8. Colágeno Sanavita, Sanavita
Oferece 9 g de colágeno hidrolisado em cada colher de sopa (10 g) do pó. É enriquecido com vitaminas A, C e E e zinco, São oito sabores: original, abacaxi com hortelã, morango com açaí, tangerina, limão com clorofila, uva, frutas vermelhas e chocolate. O pote de 300 g rende 30 porções.
 9. Liquid Collagen, Felithi
Cosméticos Shot (composto líquido) com 8 g de colágeno hidrolisado com vitaminas A e C, selênio e zinco. Caixa com seis garrafinhas de 55 ml cada uma.
10. Beautycandy, Beauty’in
Dez balinhas têm 2 g de colágeno hidrolisado, além de bioativos naturais e vitaminas. Nos sabores framboesa, limão, laranja e morango. O pacotinho (150 g) vem com 75 unidades.
11. Chocobeauty, Beauty’in
Chocolate em pedacinhos – cada 25 g contêm 1,25 g de colágeno hidrolisado enriquecido com fibras. Não contém açúcar nem glúten. Caixinha com 125 g.